BOM DIA ! Sindiavipar, 22 de setembro de 2017
Aes do Sindicato

 

Em 2017

 

Janeiro/Fevereiro

Expedição Avicultura

Em 2017, o Sindiavipar e o Núcleo de Agronegócio da Gazeta do Povo estarão juntos novamente para a realização da 4ª edição da Expedição Avicultura, levantamento técnico-jornalístico da cadeia produtiva do frango no Brasil. Nas últimas três edições, a equipe do projeto percorreu os estados da região Sul, líder em abate e exportação no país, comprovando a importância da avicultura para a economia nacional na geração e distribuição de renda

Capacitação

No mês de dezembro, a equipe do Sindiavipar participou de um treinamento organizado pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep). A capacitação foi voltada para nova versão do Sistema Integrado de Gestão da Arrecadação (SIGA), que gerencia as arrecadações sindicais patronais obrigatórias.

Prestação de contas

O Sindiavipar realizou, dentro de sua política de transparência, Assembleia Geral Extraordinária no dia 8 de dezembro, na sede da entidade, com os seguintes objetivos: discussão e votação da prestação de contas referente ao ano 2007 a 2015, da previsão orçamentária referente ao ano 2017, da mensalidade para associados solidários e da contribuição confederativa.

 

Em 2016

Novembro/Dezembro

Viabilidade econômica

No início do mês de setembro, foi realizada reunião na Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP-PR), pelo Comitê Gestor de Logística Reversa, para apresentação e lançamento da Análise de Viabilidade Econômica do Instituto Paranaense de Reciclagem (Inpar) e estudo de viabilidade econômica do projeto.

 

Palestras

Com os temas “Avaliação de Risco à Saúde Humana - Uma tomada de decisão para remediação de um passivo ambiental” e “Avaliação toxidade de riscos à saúde humana”, foi realizada reunião na Câmara do Comércio e Indústria – Brasil – Alemanha, em Curitiba. Os temas foram abordados pelo engenheiro químico Luciano Ávila e pela engenheira ambiental Mariana Druszcz.

 

Arrecadação sindical

A Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP-PR) recebeu os seus sindicatos filiados, incluindo o Sindiavipar, para uma reunião sobre a arrecadação sindical. Durante o encontro, realizado no dia 27 de setembro, foram informadas as mudanças da arrecadação de cobrança com registro por meio do sistema SIGA. Mais informações (41) 3224-8737.

 

Setembro/Outubro

Logística Reversa

No mês de agosto, representantes do Sindiavipar participaram de uma reunião no Sincabima sobre a implantação do plano de logística reversa no setor de alimentos. Diversas questões técnicas foram abordadas, além dos aspectos legais da logística reversa no Paraná. Também foi apresentada a nova legislação de Rotulagem de Alergênicos RDC 26/15. Os temas tratados na reunião foram pautados por engenheiros químicos, de alimentos e advogados do setor.

 

ANUTEC Brasil

Dos dias 2 a 4 de agosto, o Sindiavipar participou como expositor da ANUTEC Brasil, maior feira de negócios voltada para a indústria de alimentos do país. A edição desse ano foi realizada na cidade de Curitiba (PR), no EXPO Unimed. No estande o sindicato apresentou informações sobre as empresas avícolas associadas e dados da atividade no estado. Além disso foram divulgadas ações do sindicato, como a Revista Sindiavipar e a programação do IV Workshop da Avicultura Paranaense, que teve parcerias prospectadas durante o evento.

 

Ajuste Fiscal

No dia 29 de agosto, a empresa Gralha Azul Avícola, sendo representada por Roberto Pecoits, participou de uma audiência pública no plenarinho da Assembleia Legislativa do Paraná a respeito do Projeto de Lei nº 419/2016, que trata de um reajuste fiscal no estado, inclusive na taxação na captação de água pelas empesas, o que acarretará em um substancial aumento de custos de produção aos avicultores paranaenses Após a audiência foi encaminhado para todos os associados os seis desmembramentos feito pelo Poder Legislativo através de um comunicado da Fiep-PR.

 

Julho/Agosto

Reunião CONESA

Foi realizada na sede da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) a 46ª Reunião Ordinária do Conselho Estadual de Sanidade Agropecuária, que teve como foco a Biosegurança na Avicultura, Suinocultura e Bovinocultura. A reunião ainda contou com a palestra do médico veterinário e gerente de saúde animal da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), Rafael Gonçalves Dias.

 

Desenvolvimento sustentável

A última reunião do Conselho Temático do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Coema) teve como tema principal a importância da coleta de embalagens pelo setor industrial, do comércio e do consumidor. Além dessa fala, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) apresentou o programa “Brasil mais Produtivo”, que consiste no auxílio a indústrias de pequeno e médio porte a otimizarem sua produção, inclusive na diminuição de seus resíduos processuais. O encontro ocorreu na Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP-PR).

 

Coesa-PR

No dia 19 de maio, ocorreu na cidade de Maringá a Reunião do Comitê Estadual de Sanidade Avícola (Coesa-PR), que tratou, entre outros assuntos, da nomeação de novos integrantes para seus cargos diretivos. Lourenço Sausen, veterinário Sanitarista da Brasil Foods, foi escolhido como coordenador, enquanto Alex Macorim, médico Veterinário da C.Vale Cooperativa Agroindustrial, será sub coordenador. O Sindiavipar esteve representado no evento pelo seu diretor executivo, Ícaro Fiechter.

 

Maio/Junho

Logística Reversa

Foi realizada uma reunião do Comitê Gestor de Logística Reversa do Setor de Alimentos na FIEP-PR no Campus da Indústria. O encontro tinha como objetivo a leitura de ata da reunião do dia 22/03/2016, além disso, ficou estabelecido o prazo para formar a associação até dia 03/05/2016. A Cartilha da Logística Reversa foi encaminhada para correções e análise do orçamento enquanto o Grupo Técnico será avaliado. Para discutir a obrigatoriedade da participação de todas as empresas no Sistema de Logística Reversa, foi realizada uma reunião no escritório de Advocacia DPZL.

 

Reunião na ABPA

Com o objetivo de qualificar os profissionais do setor agropecuário do Paraná, o Sindiavipar solicitou à Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) um convite para a Reunião sobre Política Nacional de Resíduos Sólidos, ao Gerente de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP-PR), Rafael Cezar da Costa. Rafael participou do evento em São Paulo, no dia 14 de abril.

 

Curso FACTA

Cinco médicos veterinários paranaenses conseguiram isenção de suas inscrições para o Curso FACTA: "Impacto da Salmonelose na Avicultura". O treinamento foi realizado nos dias 2 e 3 de março, na cidade de Cascavel (PR). O benefício foi conseguido graças a uma parceria entre o Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar) e a Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar). Os médicos selecionados trabalham como fiscais de defesa agropecuária no setor avícola, com foco principal na salmonela, bactéria causadora de diversas doenças ao ser humano, foco da edição do curso deste ano.

 

Março/Abril

Workshop 2016

Estão em andamento diversas reuniões sobre o IV Workshop Sindiavipar que acontecerá em Foz do Iguaçu (PR). O evento, que será nos dias 27 e 28 de outubro, teve a formação de um comitê para organizá-lo. O último encontro aconteceu no dia 23 de fevereiro no Campus da Indústria da Fiep. No site do Sindiavipar, é possível encontrar uma enquete para descobrir quais assuntos o público gostaria que fossem abordados no workshop. Dentre as opções estão: meio ambiente, bem-estar animal, nutrição e sanidade. Esperamos poder contar com a participação de todos os associados no envio de sugestões para palestras!

 

Revista Sindiavipar no Show Rural

Aconteceu, no mês de fevereiro, entre os dias 1 a 5, o Show Rural Coopavel, feira que reuniu 480 empresas expositoras e mais de 235 mil visitantes na cidade de Cascavel (PR). O Sindiavipar participou do evento com um estande no pavilhão da Avicultura e distribuindo a Revista Sindiavipar, que teve como tema principal os desafios e oportunidades do setor para 2016. O evento proporcionou novas parcerias e a divulgação do trabalho do sindicato para manter o Paraná como referência no setor e líder em produção e exportação avícola no país.

 

Logística Reversa

A 7ª reunião Ordinária de Alimentos do Comitê Gestor de Logística Reversa contou com a presença da gerência de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Fiep, Rafael Cesar da Costa, e do presidente do Sindicato das Indústrias de Cacau e Balas, Massas Alimentícias e Biscoitos de Doces e Conservas Alimentícias do Estado do Paraná (Sincabima), Rommel Barion. Barion informou o contato com Secretário Estadual da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sema), enfatizando a Logística Reversa como educação ambiental, trazendo o outro elo da cadeia, os Fast Foods, para cumprir com a obrigação exigida pelo Governo. Com isso, foi criado o grupo técnico para acompanhar as implementações exigidas pelo programa.

 

Janeiro/Fevereiro

Sesi e Sindiavipar realizam curso de relacionamento interpessoal

O Sesi e o Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar) realizaram, em novembro, um curso de relacionamento interpessoal que contou com a participação de 54 colaboradores de 20 empresas parceiras. O curso tinha como objetivo aumentar a compreensão sobre a importância de um ambiente de trabalho saudável que favoreça a coletividade. As atividades foram conduzidas pela psicóloga especialista em Gestão de Pessoas, Fernanda Pacheco, e aconteceram na sede do Senai em Araucária-PR.

 

Novo Estatuto

O novo estatuto do Sindiavipar deve entrar em vigor muito em breve! O documento já foi elaborado e aguarda apenas a aprovação em Assembleia para começar a ser seguido pelos associados, sindicalizados e diretores. O regimento foi elaborado para acompanhar as evoluções da entidade, que, ao longo dos seus 20 anos de existência, deixou de ser apenas uma autoridade sindical para representar a avicultura paranaense de forma abrangente. Entre as mudanças estão a criação de câmaras setoriais para tratar cada assunto ligado à avicultura dentro da sua especificidade; liberdade territorial (os sindicalizados continuam sendo apenas do Paraná, mas serão aceitas instituições do Brasil todo como associadas solidárias) e um trabalho mais voltado ao associativismo.

 

Grupo RH

O grupo de RH é formado por integrantes do Sindiavipar e de empresas paranaenses do setor aví- cola associadas, que se reúnem periodicamente. Cada encontro tem uma temática central, mas o maior objetivo é propor melhorias para a área de Recursos Humanos das instituições que participam. Nas reuniões, os participantes podem compartilhar conhecimentos e discutir estratégias que posteriormente são executadas. Durante o ano de 2015, foram 6 encontros, sendo o mais recente deles no dia 9 de dezembro, na sede do Grupo GTFoods. Nessa última reunião, o tema principal foi “Definições sobre indicadores de desempenho”, focado em debater processos e resultados inerentes aos Recursos Humanos, como ações trabalhistas, horas de treinamentos, rotatividade, afastamentos e outros elementos.

 

Sindiavipar na FIEP

Buscando sempre aprimorar o trabalho realizado, durante todo o mês de novembro, o Sindiavipar participou ativamente de reuniões na Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP). Um dos assuntos que estiveram em pauta foi Articulação da Rota Estratégica, pensando no futuro da indústria paranaense. Nessa ocasião, os presentes participaram de uma videoconferência com o pesquisador da Embrapa, Everton Krabbe, discutindo sobre qual futuro se pretende construir. Nessas reuniões, também foi apresentado o Planejamento Estratégico do Sistema FIEP, um estudo socioeconômico, com análise de tendências, priorização dos desafios, apresentação dos resultados, Master Plan de Competitividade da Indústria Paranaense 2030 e Metodologia dos Encontros da Caravana de Planejamento. Tudo isso para garantir que o crescimento do setor industrial do nosso estado esteja fundamentado em bases estratégicas. Foi elaborado ainda o grupo do Inventário Tecnológico, que entre outras coisas, convidou o Ministério Público Estadual para organizar o dia de campo e verificar o destino correto de animais mortos. O Sindiavipar atua em parceria com as entidades ligadas à indústria, buscando sempre oferecer benefícios aos seus sindicalizados e associados.

 

Em 2015

Novembto/Dezembro

IV Workshop Sindiavipar

O tradicional Workshop Sindiavipar, realizado bianualmente pelo Sindicato, já está com a edição de 2016 em fase de planejamento. O evento é dirigido ao setor avícola de todo o Brasil e tem como foco principal a capacitação técnica da avicultura brasileira. Novidades sobre a programação e a data de realização serão divulgadas nas próximas edições da revista Avicultura do Paraná. Informações, sugestões ou dúvidas podem ser esclarecidas pelo email marketing@sindiavipar.com.br.

 

Novidades na logística reversa

O Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar) participou de diversas reuniões para o projeto de Logística Reversa, a fim de buscar a equidade de todos os associados com suas obrigações perante à Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sema). A ideia é realizar uma reunião com o Sindicato das Indústrias de Cacau e Balas, Massas Alimentícias e Biscoitos, de Doces e Conservas Alimentícias do Estado do Paraná (Sincabima), que já possui um projeto pronto, para trabalhar em conjunto. O Sindiavipar e o Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados no Estado do Paraná (Sindicarne) planejam realizar o encontro para avaliar os custos e a viabilidade da parceria com o Sincabima. Além disso, foi realizada reunião com a Fiep para a implantação de assessoria técnica para o projeto de Logística Reversa. São aguardadas sugestões do Sesi/Senai para conhecimento de custos para efetivação do projeto.

 

Encontro do grupo de Resíduos e Sub-produtos da Indústria Animal

Foi realizado mais um encontro do grupo de trabalho “Valor Econômico dos Resíduos e Sub-produtos da Indústria Animal”. A equipe, da qual o Sindiavipar faz parte, reúne-se periodicamente com o objetivo de discutir questões do setor. Dentre essas, a atualização da legislação federal para o setor de reciclagem animal e agregação de valor aos subprodutos da indústria animal. A mais recente reunião foi realizada no Observatório SESI/SENAI/IEL do Sistema Fiep – Campus da Indústria, em Curitiba, e contou com a participação de representantes de algumas indústrias associadas e também ADAPAR, OCEPAR, UFPR, SEAB, Embrapa, MAPA, ABRA e IAP. Aguardem novidades!

 

Greve dos fiscais: Sindiavipar elabora mandado de segurança

Para atenuar os efeitos da paralisação dos fiscais federais agropecuários, durante os meses de setembro e outubro, o Sindiavipar, em conjunto com autoridades e outras entidades do setor, elaborou um mandado de segurança que permitisse a liberação das exportações nos portos do estado do Paraná. O documento foi distribuído para a 11ª Vara Federal de Curitiba e foi imprescindível para que os embarques fossem retomados na região, evitando a perda de mercadorias e maiores danos aos associados e para a avicultura paranaense.

 

Nota de pesar

É com grande pesar que o Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar) lamenta o falecimento de Mauri José Carminatti. Neste momento delicado, gostaríamos de transmitir nossos sentimentos à Família Carminatti, a todos os parentes, amigos e a todos aqueles com quem conviveu. Tendo sido um dos fundadores da Avícola Carminatti, sua contribuição ao setor avícola paranaense é de importância notável. Mauri faleceu aos 62 anos, por volta das 23 horas do dia 9 de outubro, em Uberlândia – MG. Deixa esposa, Carmela Carminatti, e quatro filhos, Yuri Carminatti, Alan Albino José Carminatti, Itana Carminatti e Vanderlei Carminatti.

 

Setembro/Outubro

Sindiavipar parabeniza presidente reeleito da Fiep

O Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar) parabeniza o presidente reeleito, Edson Campagnolo, para a direção da Federação das Indústrias do Estado do Paraná. Campagnolo acredita que o consenso em torno da chapa é reflexo do trabalho realizado nos últimos quatro anos, somado à necessidade de união de todo o setor produtivo para superar a crise atravessada pelo país atualmente. “O fato de este grupo estar sendo reconduzido à direção da Fiep mostra que a avaliação do trabalho é altamente positiva”, disse. “E, mais do que nunca, os empresários industriais devem estar unidos em uma grande frente para que sejam adotadas medidas que criem um ambiente favorável ao empreendedorismo no Paraná e no Brasil, o que justifica o nome de nossa chapa, Fiep Unida e + Forte”, completou.

 

Trabalhos para a Logística Reversa

O mês de setembro foi dedicado para o projeto de Logística Reversa, no qual o Sindiavipar vem atuando fortemente para que todas as associadas estejam com suas obrigações perante a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sema) em dia. Com o comitê criado e as tarefas em andamento, o grupo está em fase de coleta de dados dos abatedouros para que sejam encaminhados às empresas de consultoria para implantação do projeto no estado. Foram apresentadas duas opções de projeto, uma do Sindibebidas, que já possui o plano em andamento com os seus associados no estado. Após isso, o comitê de Logística Reversa do Sindiavipar e Sindicarne se reuniu para conhecer a proposta de Gestão Integral de Resíduos Sólidos que o Sesi e o Senai apresentaram com o objetivo de fornecer assessoria técnica para Elaboração do Plano de Logística Reversa, considerando os critérios do Edital de Chamamento no 01/2012. O comitê de Logística Reversa aguarda uma reunião prevista para o mês de outubro para definição de quais serão os próximos passos.

 

Jantar do Galo vem aí

O Sindiavipar e o Grupo GTFoods irão comemorar as conquistas da avicultura paranaense com uma grande festa: o Jantar do Galo 2015. O evento ocorre no dia 20 de novembro, a partir das 19 horas, em Maringá (PR). Para o presidente do Sindiavipar, Domingos Martins, o bom fechamento de 2015 representa a consolidação de um trabalho de longo prazo da cadeia com investimentos em tecnologia, bem-estar animal e sanidade. “Os números recentes de nossa indústria, que bate recordes continuamente, confirmam o trabalho ímpar realizada pela avicultura do Paraná. E precisam ser celebrados”, afirma. A solenidade irá contar com a presença de industriais, produtores, autoridades e jornalistas.

 

Ação forte Sindiavipar contribuíu para soluções em âmbito nacional

A partir desta edição da Avicultura do Paraná, a seção ‘Sindiavipar na mídia’ trará os principais resultados em mídia espontânea conseguidos pelo sindicato em sua missão de conquistar mais representatividade para a avicultura paranaense. A mídia espontânea é caracterizada quando o espaço dado à instituição no veículo de comunicação é incluído no âmbito editorial sem quaisquer custos. Isto é: quando a avicultura do Paraná se torna notícia. Para efeitos de mensuração desses resultados, utilizam-se as tabelas comerciais dos veículos para que haja um paralelo numérico do quanto seria necessário investir caso o mesmo espaço de mídia tivesse que ser comprado. No caso do Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar), entre julho e agosto deste ano, houve um retorno de mídia espontânea superior a R$ 3 milhões de reais, entre assuntos que variaram desde as reivindicações por soluções para o alto custo da energia elétrica até a comemoração do Dia do Avicultor. Confira ao lado mais detalhes: 

Retorno de mídia - Julho
Tipo           Quantidade             Valor (R$)
Jornal             15                    324.871,00
Online           167                    594.730,00
Revista             2                      78.652,00
Rádio                1                        1.200,00
TV                    3                  1.202.192,64
TOTAL           188                  2.201.645,64

Julho: Em julho, o Sindiavipar foi uma das fontes mais procuradas para o debate de duas pautas: o de crescimento da avicultura, que segue na contramão da crise, e a penalização que a atividade sofre com os reajustes tarifários, sobre os quais o sindicato se posicionou na imprensa veementemente contra. Para além dos números, o resultado também é prático: a Seab-PR e a Copel recentemente anunciaram que estão desenvolvendo planos para atenuar os impactos do custo da energia elétrica para a avicultura paranaense. (Leia mais na página 44). Foram mais de 200 notícias veiculadas entre os principais veículos de comunicação do Brasil, entre eles o Valor Econômico, a Gazeta do Povo e o programa Globo Rural. 

Agosto: No mês de agosto, o Sindiavipar foi convocado pelo canal Terra Viva, do grupo Bandeirantes, para uma entrevista sobre o Dia do Avicultor, comemorado em 28 de agosto. A conversa destacou os principais benefícios que o sistema de integração permite aos avicultores parceiros, ressaltando a distribuição de renda proporcionada pela avicultura entre todos os seus elos de cadeia produtiva. Não é à toa que, entre as cidades mais bem colocadas do Paraná no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) da Organização nas Nações Unidas (ONU), a avicultura figura com grandes planteis na maioria delas. Neste mês, foram mais de 100 notícias veiculadas entre veículos com grande for- ça regional, como a Folha de Londrina e Diário dos Campos, e outros de âmbito nacional, como o já citado Terra Viva. Além disso, a Confederação Nacional de Agricultura (CNA) utilizou os dados do Sindiavipar como forma de reforçar o bom momento do agronegócio brasileiro, mesmo em meio ao cenário adversativo da economia nacional.

Retorno de mídia - Agosto

Tipo                Quantidade            Valor (R$)
Jornal                    15                 181.833,00
Online                    96                 296.170,00
Revista                    1                    3.240,00
Rádio                       1                       885,50
TV                           2                 625.739,20
TOTAL                  115              1.107.867,70

 

Julho/Agosto

Sindiavipar participa de reunião com ministra Kátia Abreu

Defesa agropecuária e seguro rural são os dois assuntos destacados como prioridade entre as ações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). No dia 23 de junho, a Ministra Kátia Abreu esteve em Curitiba, na sede do Sistema Ocepar, para apresentar o Plano Agrícola e Pecuário (PAP) da safra 2015/16. De acordo com a ministra, esses são alguns dos pontos mais importantes desde seu ingresso no Ministério da Agricultura e, por isso, se compromete, junto aos produtores, a colocar o Brasil entre os cinco países do mundo considerados como referência nos assuntos. O diretor executivo do Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar), Icaro Fiechter, compareceu ao evento junto de outros participantes como autoridades polí- ticas, parlamentares, líderes coorporativos e do agronegócio e representantes de diversas entidades.

 

Ofícios para Brasília

Com o objetivo de atuar pela defesa dos interesses da indústria, o Sindiavipar enviou um ofício para o Senado Federal expondo o seu posicionamento a respeito do Projeto de Lei n° 863/2015, que tratou da preservação da atual alíquota de 1% de desoneração de custos para o setor alimentício. O Sindicato esteve presente também em reunião que selou a decisão a respeito da Lei da Integração, atualmente em tramitação na Câmara dos Deputados. Ao final de um amplo debate, ficou consentida a construção de um valor de referência para a remuneração do integrado, que será definido pela Comissão de Acompanhamento, Desenvolvimento e Conciliação da Integração (Cadec) em cada unidade industrial integrada. Da mesma forma, fica de competência do Fórum Nacional de Integração da Agroindústria (Foniagro), a ser criado por lei, a constituição de grupo de trabalho que estabelecerá a metodologia para o cálculo do valor de referência para a remuneração do integrado.

 

Maio/Junho

Reunião com governador do PR mostra demandas da avicultura

O governador do Paraná, Beto Richa, recebeu o presidente do Sindiavipar, Domingos Martins, o diretor-executivo do sindicato, Icaro Fiechter, e o presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra, no mês de abril. Durante o encontro, o dirigente da ABPA entregou o convite formal para que o governador compareça à abertura do Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura, o Siavs 2015, o que foi prontamente confirmado por Beto Richa. Por sua vez, Domingos Martins aproveitou a ocasião para apresentar algumas demandas da avicultura paranaense aos dirigentes estaduais, a fim de fortalecer o mercado regional.

 

Sindiavipar participa de Encontro com Avicultores na ExpoLondrina

O presidente do Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar), Domingos Martins, participou da mesa debatedora do Encontro de Avicultores, realizado pela Avinorte, durante a 55ª edição da Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina, a ExpoLondrina. Martins falou sobre a força da avicultura paranaense, assim como as necessidades demandadas pela pauta da reunião, que incluiu desde o alto custo da energia elétrica, até aos investimentos necessários para a continuidade da excelência em controle sanitário atingido pelo estado.

 

Cartões Sesi beneficiam associados Sindiavipar

Os benefícios promovidos pela utilização dos cartões Sesi estão disponíveis a todas as empresas associadas ao Sindiavipar. Além dos serviços odontológicos e de compra nas farmácias, o usuário do Cartão Sesi também pode usá-lo em supermercados, livrarias, papelarias, óticas e academias e pagar em até 40 dias, com o desconto em folha de pagamento. Os usuários, titulares e dependentes (esposa/esposo e filhos até 21 anos) também têm descontos em cinemas e teatros parceiros.

 

Março/Abril

Sindiavipar mobilizou esforços em busca de resolução para a greve dos caminhoneiros

A mobilização realizada pelo Sindiavipar foi fundamental para evitar prejuízos ainda maiores para a indústria avícola paranaense. Uma das ações foi a forte exposição de mídia do sindicato, que promoveu uma verdadeira operação emergencial para pautar o assunto nos principais noticiários do país. O resultado fez com que o tema repercutisse em veículos como Bom dia Brasil, Jornal Nacional, Jornal da Record, Folha de São Paulo, Valor Econômico, Gazeta do Povo, entre outros. Os bloqueios nas estradas não apenas geraram inúmeros problemas para a economia brasileira, como deverão criar um “efeito dominó”. No caso da avicultura paranaense, milhares de pintainhos foram descartados por não haverração para alimentá-los. Isso significa que a greve afetou a produção avícola, assim como a comercialização de alimentos, as exportações de commodities e, consequentemente, a balança comercial do Brasil. O Sindiavipar ressalta que não foi contrário ao movimento. Greve é um direito do trabalhador que deve ser respeitado. Mas o sindicato não concorda que a reivindica- ção de melhores condições de trabalho seja realizada de forma que prejudique toda a economia de um país.

 

Ação do Sindiavipar retira projeto de pauta

O projeto que restringia a instalação de exaustores em aviários do Paraná foi retirado de pauta. O pró- prio autor da lei, o deputado estadual Rasca Rodrigues (PV), requisitou a exclusão do projeto após reuniões com representantes do Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar). A lei n° 2/2014 proibia a instalação de exaustores a uma distância inferior a cem metros de rodovias e estradas rurais e locais de aglomerações como escolas, igrejas etc. A justificativa seriam os potenciais efeitos prejudiciais à saúde dos gases oriundos da matéria orgânica gerada pelas aves. O Sindiavipar e outras entidades do setor realizaram diversas reuniões com o poder legislativo para buscar uma solução para o impasse; caso aprovado, o projeto acarretaria em altos custos para os produtores, podendo levar muitos a decretar falência. O setor de medicina veterinária da Universidade Federal do Paraná (UFPR) foi procurado para que realizasse uma avaliação sobre os efeitos da amônia na área externa dos aviários. Os resultados foram conclusivos e demonstraram que a apenas 5 metros dos exaustores não havia mais o gás e que a presença dos equipamentos não representava riscos à saúde. Após o resultado do laudo, o deputado estadual Rasca Rodrigues, que propôs a lei, optou por pedir a exclusão da pauta,favorecendo, mediante todas as comprovações científicas apresentadas pelo Sindiavipar, o setor avícola do Paraná.

 

Em 2014

Outubro

Workshop da Avicultura Paranaense 2014

24/10: O Sindiavipar realizou próximo do fim de outubro a terceira edi- ção de seu workshop, desta vez em parceria com a Associação Paranaense de Avicultura (Apavi) e batizado com o nome de Workshop da Avicultura Paranaense 2014. O evento bateu recorde de público, com mais de 200 participantes. Para a coordenadora de comunicação e marketing do Sindicato, Mônica Fukuoka, o evento demonstra a determinação da instituição para promover a capacitação técnica da indústria. “Mais do que a liderança avícola brasileira, o Workshop demonstra que o Paraná está olhando para o futuro, algo que se ratifica pela adesão maciça de todos os elos da indústria”, analisou Mônica.

Setembro

Reunião com o Ministro

16/09: O diretor executivo do Sindiavipar – Icaro Fiechter – esteve presente durante visita do Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Neri Geller, no estado do Paraná. Geller visitou a Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar), em Curitiba, e a Associação dos Funcionários da Coopavel, Cooperativa Agroindustrial, em Cascavel. Ele ressaltou a importância do estado na produção de trigo no Brasil, que este ano deve produzir, segundo estimativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), 3,9 milhões de toneladas, e destacou as medidas do Ministério em relação à venda do produto. De acordo com dados da Organização das Cooperativas do Brasil, o Paraná possui aproximadamente 81 cooperativas agropecuárias, que são responsáveis por 55% da economia agrí- cola do estado. São mais de 140 mil cooperados em todo o Paraná.

Agosto - Eleições Sindicato

Domingos Martins foi reeleito presidente do Sindiavipar durante o pleito para a gestão 2015-2017 do sindicato, realizado em sua sede no último mês de agosto, em Curitiba (PR). O presidente reeleito afirmou que uma das primeiras ações dentro da sua nova gestão será a instalação de câmaras técnicas, que abrangerão diferentes setores como jurídico, comercial, sanitário, e conversarão entre si a fim de fortalecer o diálogo e o desenvolvimento da avicultura paranaense. Todo o processo foi acompanhado por representantes da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), que estiveram presentes para verificar a idoneidade da urna lacrada onde foram depositados os votos e ratificar a promulgação do resultado.

Quando a Rússia anunciou a necessidade de importar maior quantidade de carne de frango do Brasil, os principais veículos estaduais procuraram o Sindiavipar para obter mais detalhes sobre os benefícios que a medida traria para o Brasil e também para o Paraná. No dia 8 de agosto, a Gazeta do Povo, o principal jornal do estado, dedicou uma página inteira sobre o assunto, e entrevistou o presidente do Sindiavipar, Domingos Martins, que afirmou que a expectativa é de que 60 a 70% dos resultados financeiros fiquem com a avicultura paranaense.

International FoodTec Brasil 2014

05/08: O diretor executivo do Sindiavipar, Icaro Fiechter, foi uma das autoridades que discursaram durante a abertura da Primeira edição da International Food Tec Brasil, realizada em Curitiba (PR) no início de agosto. A feira é uma versão derivada da consagrada Anuga FoodTec, tradicional da cidade alemã de Colônia, e que também já teve edições na China e na Índia. Para a realização da versão brasileira, a organizadora Koelnmesse contou com a parceria da Hannover Fairs Sulamérica, que, dentre outras análises, escolheu Curitiba para ser a sede do evento devido ao grande potencial do Paraná como produtor de proteína animal, principalmente avícola.

Julho - Destaques na imprensa

Em análise da conjuntura para o segundo semestre, o Sindiavipar também foi procurado por veículos – nacionais e estaduais – para se posicionar sobre a direção da avicultura no Brasil. Ao jornal O Estado de São Paulo, o presidente do Sindicato, Domingos Martins, comentou o otimismo que o setor vive para os últimos meses de 2014.

Junho - Bem-estar animal - Uma reunião na Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep), que contou com a presença do diretor executivo do Sindiavipar, Icaro Fiechter, versou sobre a organização de uma comissão que dialogará sobre os conceitos de bem-estar animal. A medida visa garantir as diversas exigências cada vez mais constantes de governos para tornar o processo de abate indolor aos animais: procedimento que é comumente conhecido pelo nome de abate humanitário.

No Brasil, o Decreto-Lei n° 64, de 22 de abril de 2000, definiu que o proprietário ou detentor dos animais deve tomar todas as medidas necessárias para assegurar o bem-estar de sua produção, certificando-se de que serão evitadas dores, lesões ou sofrimentos desnecessários. A lei deixa bem clara a responsabilidade dos donos de empresas na capacitação de seus funcionários em relação aos critérios do abate humanitário.

Maio - Participação na AveSui 2014 - O presidente do Sindiavipar, Domingos Martins, o diretor executivo, Icaro Fiechter, e a gerente de marketing e comunicação, Mônica Fukuoka, estiveram presentes na AveSui 2014 com a divulgação do plano de ações do sindicato. O mais importante deles foi a apresentação do Workshop da Avicultura Paranaense 2014, que no dia 24 de outubro reunirá o setor avícola do estado e do Brasil para a disseminação de conhecimento a todas as engrenagens da indústria. Nesta edição, o workshop abrangerá as cadeias do frango de corte, matrizes de reprodução e aves de postura. Isso devido à parceria do Sindiavipar com a Associação Paranaense de Avicultura (Apavi), entidades que se unem para construir uma representatividade mais sólida e consolidam o bom momento vivenciado pela avicultura do Paraná.

Sucesso - A AveSui 2014 fechou a edição deste ano com um volume total de 17,5 mil visitantes únicos durante os três dias de atividades, uma movimentação financeira estimada em R$ 370 milhões e cerca de 550 congressistas no Seminário Técnico Científico.

Valorização dos resíduos - O diretor executivo do Sindiavipar, Icaro Fiechter, esteve presente em reunião na Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) sobre a valorização dos resíduos e subprodutos de origem animal. Durante o encontro foi discutida a importância de sinergias entre a indústria e a academia na busca por soluções reais que agreguem valores aos resíduos agroalimentares. A valorização dos resíduos é importante pois utiliza de forma sustentável os recursos do planeta, minimizando os impactos ambientais causados pela produção de alimentos. O projeto também prevê a criação de negócios baseados na inovação a partir desses novos procedimentos de utilização dos resíduos, gerando uma verdadeira economia verde. Para o diretor executivo do Sindiavipar, as ações são atitudes de consciência, e o diálogo mostra o quanto as indústrias estão no caminho certo para adaptar-se a uma visão de futuro mais harmônica com as necessidades de nossos recursos naturais.

Abril - Paraná na liderança - No dia 29 de abril o Sindiavipar convidou a imprensa para a divulgação dos resultados de produção e exportação na avicultura do primeiro trimestre de 2014. Os dados do Sindiavipar mostram que, até março, o estado atingiu o acumulado recorde de 382,29 milhões de cabeças abatidas. Isso representa uma alta de 6% e 8,4% ante aos resultados de 2012 e 2013, quando foram abatidas, respectivamente, 360,71 e 352,65 milhões de aves no mesmo período. E, para consolidar o bom momento do setor, o Sindiavipar e a Associação Paranaense de Avicultura (Apavi) anunciaram a criação conjunta do Workshop da Avicultura Paranaense, um evento voltado à capacitação da indústria avícola com a disseminação de conhecimento técnico a todas as engrenagens do setor. A primeira edição será realizada no dia 24 de outubro, em Foz do Iguaçu (PR).

Março - Exaustores em aviários - Após a reunião entre representantes da avicultura e o deputado estadual Rasca Rodrigues (PV), que aconteceu no dia 11 de mar&cced

--- PATROCINADORES --- Sindiavipar associado a:
Av. Cndido de Abreu, 140 Salas 303/304 - Centro Cívico . Curitiba-PR - CEP: 80.530-901 | 41.3224.8737
Desenvolvido por
Ubis Ideias Digitais logo
Ideias digitais